Roteiro Turístico Integrado: Campos Gerais do Paraná: Encante-se...
 
 
Jaguaríaiva
O povoado às margens do Rio Jaguaryahiba (em Tupi: "Rio da onça brava") foi elevado a freguesia por Alvará de Dom Pedro I, em 15 de setembro de 1823. Os fazendeiros Coronel Luciano Carneiro Lobo e sua mulher Isabel Branco e Silva, proprietários da Fazenda Jaguariaíva, localizada onde hoje está o Santuário do Senhor Bom Jesus da Pedra Fria e a Praça Dona Isabel Branco começaram a organizar o povoado ao redor de sua capela e sede. Com seus contatos políticos conseguiram, em 24 de abril de 1875, elevar a Vila, pela Lei Provincial 423. No dia 5 de maio de 1908 a sede foi elevada à categoria de cidade.

A economia de criação de gado nos Campos Gerais foi alterada com a chegada da estrada de ferro. Jaguariaíva tornou-se um entroncamento ferroviário com a chegada da Estrada de Ferro São Paulo - Rio Grande, em 1902, e do ramal Paranapanema, em 1910, o que permitiu a instalação de um grande número de indústrias como a do Conde Francisco Matarazzo, que possibilitaram o crescimento da cidade.

COMO CHEGAR
PR 151 (sentido Piraí do Sul a Sengés) PR 092 (sentido Arapoti a Jaguariaíva).
 
ATRATIVOS - CONTATO
 
Museu Histórico Municipal Conde Francisco Matarazzo (antigo Palacete Matarazzo):
Telefone: (43) 3535-4226
 
Parque Dr. Ruy Cunha - Bosque do Tropeiro:
 
Telefone: (43) 3535-7935
 
Parque Linear 
 
Telefone: (43) 3535-7935
 
Parque do Cerrado
 
Telefone: (43) 3535-7935
 
INFORMAÇÕES
SECRETA
RIA DE INDÚSTRIA, COMÉRCIO E TURISMO
Palacete Conde Francisco Matarazzo - Rodovia PR 151 - Km 213
Telefone: (43) 3535-7935
www.jaguariaiva.pr.gov.br
turismo@jaguariaiva.pr.gov.br

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS FOTOS


 

 
[<] Voltar       




Rota dos Tropeiros - Copyright 2009®