Roteiro Turístico Integrado: Campos Gerais do Paraná: Encante-se...
 
 
A Rota
 
          Originalmente, a rota dos tropeiros foi um importante corredor aonde circulavam bravos homens levando riquezas e desenvolvimento a locais distantes.
Esse movimento perdurou desde o início do séc XVIII até por volta do ano de 1930, quando a modernidade passou a decretar o fim deste ciclo. Hoje redescoberta, a Rota dos Tropeiros nos propicia uma série de outras riquezas: conhecimento, cultura, história, aventura e encantamento.

         A partir do declínio da exploração das minas no Peru com o conseqüente abandono de grande quantidade de mulas nos criadouros do território de Missiones e, juntamente com os primeiros aventureiros e ocupantes do sul que trouxeram o gado vacum, em 1730 tem início um processo sistemático e continuado de comercialização desses animais. Nasce assim o tropeirismo no Brasil. 
         A cada 40 quilômetros em média, as tropas paravam para o repouso merecido, após uma longa e difícil jornada. Inicialmente as paradas se davam sob as árvores ou as margens de rios, ao relento. A preparação do acampamento ou do poso era trabalhosa e todos participavam tirando os sacos, as bruacas, cangalhas e arreios das mulas. As camas eram os “apeiros”, feitos com ramas de árvores sob as quais eram colocados os pelegos.

A base da comida tropeira eram o feijão, o arroz e a carne salgada desfiada. Todos se reuniam para comer a “bóia” e esperar a noite para descansar junto ao fogo, tomando o café tropeiro, contando os “causos”, procurando se acomodar para o merecido descanso. (GUIMARÃES, 2003). Criou-se uma nova língua de entendimento, novos hábitos de alimentação, de vestir, de musicalidade, de religiosidade, práticas de medicina, organização social como conquistas que mudaram o Brasil.
 
No território paranaense encontravam condições privilegiadas com campos propícios para pastagem e assim estacionando as tropas por até seis meses, quando então prosseguiam rumo ao seu destino final e em razão desta atividade este caminho ficou conhecido como Caminho das Tropas, Caminho Viamão, Estrada Real, Estrada do Sul ou ainda Estrada da Mata. Esse movimento perdurou desde o início do séc XVIII até por volta do ano de 1930, quando a modernidade passou a decretar o fim deste ciclo.

 


 
[<] Voltar       




Rota dos Tropeiros - Copyright 2009®